Voto dos Vereadores

10 A favor
0 Contras
0 Abstenção
1 Não registrado

Foto de Adilson Evandro Martins Adilson A favor

Foto de Airton Giacomini Giacomini A favor

Foto de Alessander Negreiros Fritscher Alex Não registrado

Foto de Antônio Gilberto Portz Betinho A favor

Foto de Antônio Manoel Pereira Toninho A favor

Foto de Filipe Dos Santos Turatti Filipe A favor

Foto de Paulo Cesar Cornelius PC A favor

Foto de Silvio Roberto Portz Silvio A favor

Foto de Tiago Delwing Pedroso Tiago A favor

Foto de Fabio Porto Martins Fabio A favor

Foto de João Batista Ferreira João A favor

Plenária: 28 de março de 2017

Situação: Aprovada

Regime de Tramitação: Normal

Data de criação: 28/03/2017

Vereador Filipe dos Santos Turatti

 

INDICAÇÃO – 13-2017

 

            Indico ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal em conjunto com o Senhor Secretário de Planejamento e Secretária do Meio Ambiente, que faça um ESTUDO DAS ÁREA INSTITUCIONAIS para construção de uma PLANTA DE GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR ATRAVÉS DE SISTEMA FOTOVOLTAICO, para geração “on grid” nos prédios de escolas, creches e demais prédios públicos e também iluminação pública.

 

MENSAGEM JUSTIFICATIVA:

 

Senhor Presidente;

Senhores Vereadores:

 

            Sabendo do alto custo de energia paga pelos cofres públicos, em toda a repartição pública, chegando em torno de R$ 1.000,000,00 (um milhão reais) por ano, vejo uma grande necessidade e oportunidade, para que o município seja EXEMPLO de gestão pública e desenvolvimento de uma tecnologia ultimamente tão usual.

 

As áreas institucionais de loteamentos são destinadas à edificação de equipamentos comunitários, tais como praça, ginásio de esporte, área de lazer, escolas, posto de saúde, entre outros, conforme dispõe o art 4º, da Lei nº 6.766/79.

 

Além do que, a energia solar é uma energia limpa, sem impacto ambiental na geração, transmissão e distribuição.

 

            Conforme um prévio estudo, deve-se observar que as áreas institucionais devem abranger uma área proporcional de aproximadamente 8.000 mil m² para que atinja um número que atenda a necessidade de geração de energia equivalente a proporção de energia consumida.

           

            Sabendo que a energia opera com oscilação pelo fato das estações do ano e período de baixa incidência solar se trabalha com uma média de produção de energia.

 

 

Importante utilizar-se do processo de geração “on grid” pelo fato de gerar créditos com a concessionária de energia, assim facilitando e baixando o custo de transmissão da energia e fazendo que o crédito seja abatido no consumo dos órgãos públicos.

 

 

 

 

 

 

 

Esse estudo foi concedido pela despesa anual do município, sabendo a quantidade de KW/h anual, chegamos a quantidade de captação de energia e a dimensão de cada placa. Por isso a dimensão da PLANTA DE GERAÇÃO DE ENERGIA, atingindo a área de 8.000 mil m².

 

 

A implantação dessa PLANTA DE GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR ATRAVÉS DE SISTEMA FOTOVOLTAICO com o transcorrer de 5 anos o município não terá gasto de energia em seus prédios e iluminação pública, contudo, sabemos que essa geração será de (KW/h) e o valor poderá sofrer alterações. Porém teremos no futuro, mais dinheiro para se investir em educação, saúde, agricultura e nas demais infraestruturas do nosso município com essa economia em energia elétrica que é consumida.